*

Offline MJMENDES

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 118
  • 3
Transformação de pedras
« em: Março 25, 2014, 04:40:20 pm »

Boa tarde colegas

Alguém está por dentro do ramo comércio e transformação de pedras?

Obrigado




*

Offline cmmr

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 156
  • 8
Re: Transformação de pedras
« Responder #1 em: Março 25, 2014, 10:36:01 pm »
Estive dentro do ramo como gestor comercial e internacional seller durante 10 anos...se puder ajudar..
Carlos Moreira Rodrigues


*

Offline MJMENDES

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 118
  • 3
Re: Transformação de pedras
« Responder #2 em: Março 26, 2014, 01:29:55 am »

Boa noite.
Como sabe, o ramo da pedra é salvo melhor opinião uma grande chatice.
Existem largas dezenas de tipos de pedra com tremendas disparidades de preços e aproveitamento etc...
Desde a entrada do bloco para serragem até ao produto final, seja ele chapa, ladrilho, molduras, pastilha, a matéria prima passa por várias fases, que nem sempre são as mesmas.
Questão:
Qual o metodo para valorização da produção acabada e em vias de fabrico, tendo em conta a tremenda especificidade do negócio?
Os gastos de transformação serão distribuidos na totalidade e de igual forma pela produção acabada, mesmo sabendo que alguns produtos não passaram por esta ou aquela secção? Utilizar o método das unidades equivalentes, ou outros?

Agradeço a atenção e disponibilidad e.


*

Offline cmmr

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 156
  • 8
Re: Transformação de pedras
« Responder #3 em: Março 26, 2014, 10:31:19 am »
Bom dia,
O ramo de pedra é uma grande chatice, mas também um desafio,  pelos seguintes motivos:
1) Existem muitos tipos de pedra (mármores granitos calcários xistos), dentro de cada um destes existem muitos tipos (por exemplo, só no granito, no norte existe: mondim, pedras salgadas, vila real, ponte de lima, guimarães e mais umas....dezena s), e dentro de cada um destes tipos de granitos há divisões entre tipos de pedreira e tipos de qualidade (extra, comercial, etc).
2) No catálogo podem existir diferentes tipos de integração: vertical total - extraímos, produzimos, e comercializamo s ao publico final TODAS as pedras que temos em comercialização; integração vertical mista - extraímos, produzimos e comercializamo s ALGUMAS pedras do catálogo, e comprámos fora os blocos / chapas de outras pedras;  ou então aquelas que compram a matéria prima na totalidade.
Assim a melhor forma de separar custos é simplificar o processo produtivo temos por fases:
a) extracção e transporte até à fábrica (ou em alternativa: compra do bloco, se não tiver integração vertical). (pergunte quanto fica ao empresário extrair e transportar um m3 de determinada rocha)
b) Corte (pergunte quanto fica cortar um m2 de chapa)
c) Acabamentos (polimento, picado, amaciados, tornear peças, fazer alhetas, frisos, boleado, etc). Pergunte quanto fica polir/picar 1 m2 de pedra ou quanto custa fazer um metro linear de frisos, etc
Como vê todos os produtos acabam por passar por estas secções. Atribua valores médios ponderados à quantidade de produção do ano passado. Vai ter uma grande dificuldade: os sistemas de informação interna destas empresas são deficientes. Têm muito pouco informação sobre estes custos. Por acaso, tive de ser eu a fazer esta contabilidade analítica.. Foi difícil mas deu-me um gozo tremendo.
Para valorizar a produção em vias de fabrico: o método das unidades equivalentes parece-me bem. Aplique este método com base na informação que conseguiu e tem 90% do seu problema resolvido.
Outra coisa importante (que também menciona no seu comentário):
Pergunte que tipos pedras dão para restos/aparas (aquelas pedras geometricament e irregulares que por vezes vemos nos pisos dos pátios) e para cubos / calçadas ou se produzem inertes. Essas vendas, desde que resultem do aproveitamento do desperdício do corte,(por exemplo nas aparas do aproveitamento do desperdício do corte do ladrilho), devem ser mensurados pelo seguintes modos:
a) no âmbito da contabilidade analítica, através do método do lucro nulo, deduzido dos custos de embalamento /transporte;
b) no âmbito da contabilidade financeira, como uma venda normal.

Espero ter ajudado, mais algum esclarecimento, disponha

Carlos Moreira Rodrigues


*

Offline MJMENDES

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 118
  • 3
Re: Transformação de pedras
« Responder #4 em: Março 26, 2014, 11:32:32 am »

Bom dia

Tenho construído vários mapas em excel, para registar a produção das várias máquinas(processos de transformação), seja ela acabada ou em vias de fabrico, agora a próxima luta será avançar com a questão da valorização pelo método das unidades equivalentes, ou seja, qual o grau de acabamento a atribuir á produção em vias de fabrico.

Desde já o meu muito obrigado pelos esclarecimento s, e se não for muito incómodo é possível que ainda venha a colocar mais alguma questão em relação a este mesmo assunto.


 

+500

*

Offline MJMENDES

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 118
  • 3
Re: Transformação de pedras
« Responder #5 em: Novembro 05, 2014, 06:05:43 pm »
Mais uma duvida.

Por norma a produção chegava a ladrilho de por exemplo 60x60, e os bocados pequenos que sobravam eram para o lixo. No entanto agora aquilo que era lixo, aproveita-se para fazer um novo tipo de produto (peças muito pequenas).
Questão:
O custo da mat.prima divide-se pelo total dos m2 produzidos incluindo o tal novo produto que era lixo, ou atribui-se o custo apenas até ao produto principal(60x60), ficando o outro com custo zero?

Obrigado

*

Offline kushinadaime

  • T. Contabilidade
  • Diamante
  • *****
  • 2362
  • 65
Re: Transformação de pedras
« Responder #6 em: Novembro 05, 2014, 08:53:54 pm »
Mais uma duvida.

Por norma a produção chegava a ladrilho de por exemplo 60x60, e os bocados pequenos que sobravam eram para o lixo. No entanto agora aquilo que era lixo, aproveita-se para fazer um novo tipo de produto (peças muito pequenas).
Questão:
O custo da mat.prima divide-se pelo total dos m2 produzidos incluindo o tal novo produto que era lixo, ou atribui-se o custo apenas até ao produto principal(60x60), ficando o outro com custo zero?

Obrigado
Tens a matéria prima comprada (312) e quando apurares os respectivos stoks hás-de ter matéria prima ainda não transformada (331), matérias primas com a transformação incompleta (34X) e com transformação completa (34X), e a ganga, que são essas pedras que eram lixo, mas vai-se aproveitar para outros produtos (351), e a que não vai ser aproveitada para outros produtos (352X).
Cada um dos itens destes inventários diferentes, como o valor nada tem a haver com o valor das matérias primas devem ser mensurados pela semelhança a outras itens semelhantes, basicamente o método das unidades equivalentes.
No final leva-se tudo o que é custo à 612

Nas contas de inventários e de custos das mercadorias vendidas e matérias consumidas não abras contas muito detalhadas, o mínimo possível, senão acabas com problemas de difícil resolução, e complicações desnecessárias, tens que pensar que este é um dos ramos de actividade em que é mais do que normal uma coisa ser ao mesmo tempo mercadoria, matéria prima, ganga, matérias subsídiárias, produto..., e o que ontem se esperava ser uma coisa vai ser transformada, hoje a mesma pedra é lixo, e vice-versa, a mesma pedra origina produtos, pedras que mais tarde irá ser transformada em produtos, pedras que são lixo que vai ser aproveitado e lixo que vai ser vendido...

*

Offline MJMENDES

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 118
  • 3
Re: Transformação de pedras
« Responder #7 em: Novembro 06, 2014, 03:57:17 pm »
Boa tarde colega

Peço desculpa, mas fiquei com a mesma duvida. De forma mais concreta temos:

Compra mat.prima: 2 m3 x 350€ = 700€

Da transformação dos ditos 2m3 resultaram os seguintes produtos

Produção ladrilho  56 m2 de ladrilho
Novo produto       14 m2 (aproveitamento do lixo)
Total ------------   70 m2

Valorização da mat.prima consumida

700€ / 56 m2 = 12.5€ m2 (ladrilho)
   0€ / 14 m2 = 00.0€ m2 (aproveitamento do lixo) - o unico custo que vai ter será o da transformação?!

            OU

700€ / 70 m2 = 10.0€ m2 (ladrilho e aproveitamento do lixo)

Qual a forma correcta?

Obrigado mais uma vez



*

Offline kushinadaime

  • T. Contabilidade
  • Diamante
  • *****
  • 2362
  • 65
Re: Transformação de pedras
« Responder #8 em: Novembro 06, 2014, 05:18:28 pm »
A questão está aqui em que os valores dos produtos e subprodutos somada nada tem a haver ás matérias primas, então se usares como base a mensuração do valor de custo podes ter erros super-gigantes.
Tens que achar o valor de cada produto de forma a apurares um ganho, se calhar a forma mais prática é o cliente dizer que valem x e y cada produto, depois usas estes valores, se não tens que pesquisar...
O que isto vai originar é que além dos custos das mercadorias e matérias podes ter ganhos variações de inventários...
Supõe que o ladrilho vale 8500, e a ganga 800 o metro cúbico...

 

transformação de sociedades

Iniciado por AnaTCQuadro Fiscalidade

Respostas: 1
Visualizações: 1085
Última mensagem Setembro 18, 2012, 09:09:54 pm
por kushinadaime
Transformação Soc. por Quotas em Soc. Anonima

Iniciado por contabilistas.netQuadro Contabilidade

Respostas: 1
Visualizações: 1051
Última mensagem Janeiro 09, 2013, 11:58:59 pm
por Fatinha
Indústria e transformação de pescado - PSE

Iniciado por ccmarquesQuadro Estágio / Simulação

Respostas: 7
Visualizações: 1172
Última mensagem Fevereiro 25, 2015, 06:23:49 pm
por ccmarques
Transformação de Sociedade Unipessoal Quotas

Iniciado por abferreiraQuadro Apoio a Contabilidade

Respostas: 3
Visualizações: 3087
Última mensagem Outubro 09, 2013, 06:30:57 pm
por kushinadaime
Transformação de Unipessoal em Sociedade por Quotas

Iniciado por MARSMQuadro Cod. Sociedades Comerciais

Respostas: 1
Visualizações: 805
Última mensagem Junho 26, 2017, 10:10:31 pm
por Ana Augusto
Booking.com

Mensagens recentes

Adjudicação por AMRBP
[Hoje às 02:24:53 pm]


Re: Country-by-Country Report (CbC Report) Modelo 54 por ajfernandim
[Hoje às 01:01:41 pm]


Re: Imobilizado/ fatura com varios por SUSANAPINTO
[Hoje às 12:46:45 pm]


Re: Contabilidade Agrícola - Ativos Biológicos por CarreiroMarisa
[Hoje às 12:27:37 pm]


Fatura de adiantamento por AMRBP
[Hoje às 12:10:06 pm]


Pagamento de Subsídio de Turno por saralves
[Hoje às 11:32:54 am]


Re: Imobilizado/ fatura com varios por jdias2017
[Hoje às 10:53:49 am]


Reversão Provisão Cobranças Duvidosas por nando
[Hoje às 10:52:08 am]


Re: Ofertas a colaboradores por Filipe_RR
[Hoje às 10:03:02 am]


Imobilizado/ fatura com varios por SUSANAPINTO
[Hoje às 09:08:11 am]


Re: Redução do vencimento: legal? por jpnop
[Dezembro 17, 2017, 05:11:42 pm]


Re: Utilização da viatura da empresa para uso pessoal por Jmrquintas
[Dezembro 16, 2017, 11:51:47 am]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 [18] 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31