*

Offline AnaCardoso

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 56
  • 0
Direito a Subsidio de Férias
« em: Junho 13, 2014, 01:01:17 pm »
Bom dia colegas.

Após pedir a opinião a outros colegas fiquei com uma duvida:

Tenho um funcionário que entrou a 1.junho.2013 e está efetivo.
Em Dezembro de 2013 pagamos o proporcional o SF e SN de 2013.

Agora em julho ele vai de férias. Qual o valor de SF que tenho que pagar?
Há pessoas que dizem que é o proporcional de jan a junho de 2014. E há outras que dizem que é os 22 dias, isto é, um salario.

O meu programa diz que é os 22 dias, porque a 1 de janeiro o funcionário ganha +22 dias de férias e 22 dias de SF.

Aguardo pela vossa ajuda.
Obrigada







*

Offline paulalage

  • T. Contabilidade
  • Diamante
  • *****
  • 1146
  • 48
Re: Direito a Subsidio de Férias
« Responder #1 em: Junho 13, 2014, 01:46:02 pm »
Boa tarde,

O funcionário a 01 de Junho vence os 22 dias de férias a que tem direito.....se lhe pagaram em Dezembro os proporcionais agora pagam-lhe o remanescente.
A 01 de Janeiro de 2015 vence novamente o direito a 22 dias de férias e o subsidio de férias no valor total do vencimento.

Espero ter ajudado,
Paula Lage
Cumprimentos,
Paula Lage


*

Offline AnaCardoso

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 56
  • 0
Re: Direito a Subsidio de Férias
« Responder #2 em: Junho 13, 2014, 02:19:47 pm »
Então agora pago o remanescente, que é de jan a junho de 2014.

E o restante de SF (junho a dez) pago em Dez de 2014?

Obrigada


*

Offline nunomv

  • T. Contabilidade
  • Platina
  • ****
  • 991
  • 30
Re: Direito a Subsidio de Férias
« Responder #3 em: Junho 13, 2014, 02:41:50 pm »
Bom dia colegas.

Após pedir a opinião a outros colegas fiquei com uma duvida:

Tenho um funcionário que entrou a 1.junho.2013 e está efetivo.
Em Dezembro de 2013 pagamos o proporcional o SF e SN de 2013.

Agora em julho ele vai de férias. Qual o valor de SF que tenho que pagar?
Há pessoas que dizem que é o proporcional de jan a junho de 2014. E há outras que dizem que é os 22 dias, isto é, um salario.

O meu programa diz que é os 22 dias, porque a 1 de janeiro o funcionário ganha +22 dias de férias e 22 dias de SF.

Aguardo pela vossa ajuda.
Obrigada

Boa tarde,
Como esta efetivo na passagem de Dezembro para Janeiro ganhou direito a 22 dias de férias... O programa tem razão...  8)

Cumprimentos,
Nunomvs


*

Offline AnaCardoso

  • C.C
  • Ouro
  • ***
  • 56
  • 0
Re: Direito a Subsidio de Férias
« Responder #4 em: Junho 13, 2014, 02:58:41 pm »
Esclarecida!

Acabei de falar com ACT.
A informação que me deram foi a seguinte.

No ano de admissão (2013) ele tem direito a receber os proporcionais de Subsidio de Férias e Natal.
Em 2014, como ele está efetivo,  a 1 de janeiro de 2014 ele recebe automaticament e 22 dias de férias e direito ao subsidio de férias correspondente ás ferias, isto é, um salario completo.

Art 264º Lei 7/2009:
''o trabalhador tem direito a subsídio de férias, compreendendo. ..., correspondente s à duração mínima das férias... ''
 
Caso o ano 2014 fosse o ano de cessação, e pelo facto do ano de cessação ser a seguir ao de admissão, apenas tinha que receber os proporcionais dos subsídios em 2014.


Ver: art 237º e ss.


Obrigada pelo vosso apoio


+500

*

Offline nunomv

  • T. Contabilidade
  • Platina
  • ****
  • 991
  • 30
Re: Direito a Subsidio de Férias
« Responder #5 em: Junho 13, 2014, 03:16:12 pm »
Boa tarde,
A lei não é clara nessas situações... mas no ACT tem alguns exemplos que vou citar:
 Alguns exemplos práticos ajudarão a compreender o direito a férias. Exemplo 3: Que férias tem um trabalhador admitido a 1 de Junho de 2011?
No ano da admissão tem direito a 14 dias úteis de férias (7 meses X 2 dias = 14 dias), cujo gozo pode ter lugar a partir de 1 de Dezembro. Neste caso, os 14 dias de férias do ano de admissão não se somam com os 22 dias úteis que se vencem no ano seguinte porque após o momento do vencimento das férias no ano de admissão, ou seja, em 1 de Dezembro, tem o trabalhador tempo suficiente para gozar na totalidade, o seu direito a férias. E mesmo que venha a gozar esse período de férias no ano seguinte, não se pode aplicar o disposto no artigo 239.º n.º 3 do Código de Trabalho, ou seja, não se reduzirá a 30 dias. Se as férias no ano de admissão se venceram ainda nesse ano de contratação, com a possibilidade de serem gozadas nesse ano, já não poderão ser cumuladas com as férias vencidas no ano subsequente, para efeitos de aplicação do limite de 30 dias.
Alguns exemplos práticos ajudarão a compreender o direito a férias. Exemplo 1: A que férias tem direito um trabalhador admitido em 1 de Maio de 2011?
O trabalhador tem direito no ano em que é contratado, a 16 dias úteis de férias (8 meses X 2 dias úteis = 16 dias úteis), as quais podem ser gozadas após 6 meses de execução do contrato, ou seja, em Novembro, e deverão sê-lo até ao final do ano. No ano seguinte, tem direito a mais 22 dias úteis de férias.

O fonte é aqui: http://www.act.gov.pt/%28pt-PT%29/Itens/Faqs/Paginas/default.aspx
Ficou resolvido...
« Última modificação: Junho 13, 2014, 04:28:54 pm por nunomv »
Cumprimentos,
Nunomvs

 

Baixa Prolongada, Direito a Férias, Subsídio de Férias e Natal

Iniciado por Dany14Quadro Recursos Humanos

Respostas: 5
Visualizações: 4123
Última mensagem Julho 28, 2015, 12:08:37 pm
por Dany14
Direito a férias e subsídio de férias e natal

Iniciado por DianaQuinhentasQuadro Recursos Humanos

Respostas: 3
Visualizações: 383
Última mensagem Dezembro 07, 2017, 09:44:36 am
por DianaQuinhentas
Direito a subsidio de férias

Iniciado por contabilistas.netQuadro Recursos Humanos

Respostas: 10
Visualizações: 1909
Última mensagem Agosto 10, 2012, 11:18:50 am
por AndreiaM
Apoio cálculo férias e processamento subsídio de férias URGENTE

Iniciado por DianaQuinhentasQuadro Direito Laboral

Respostas: 11
Visualizações: 2810
Última mensagem Agosto 12, 2014, 12:10:18 am
por paulalage
Anulação previsão de férias e subsidio de férias com saldo insuficiente

Iniciado por viggen66Quadro Apoio a Contabilidade

Respostas: 6
Visualizações: 1825
Última mensagem Maio 18, 2016, 02:31:06 pm
por viggen66
Booking.com

Mensagens recentes

Tributaçao autonoma por Jmrquintas
[Dezembro 15, 2017, 10:33:44 pm]


Re: UBER INDEPENDENTE VS UNIPESSOAL por protasio
[Dezembro 15, 2017, 06:23:30 pm]


Mapa Excel Apoio Ajudas de Custos/Deslocações VL 1.O por Cartimancio
[Dezembro 15, 2017, 04:11:04 pm]


Imobilizado incorreto/inexistente por CatiaRebelo
[Dezembro 15, 2017, 03:46:20 pm]


Country-by-Country Report (CbC Report) Modelo 54 por RMSP71
[Dezembro 15, 2017, 11:57:17 am]


Re: Reavaliação de imóveis por dbotelho15
[Dezembro 15, 2017, 12:14:40 am]


Re: Imposto sobre sacos de plástico por dbotelho15
[Dezembro 15, 2017, 12:04:45 am]


Centralize Dados Fiscais dos seus Clientes e efectue Login Automático por Softwhere
[Dezembro 14, 2017, 11:01:04 pm]


Apoio aquisição ferramentas por Diomar
[Dezembro 14, 2017, 08:14:13 pm]


Re: Uber - tipo de empresa e de contabilidade por neto.joana
[Dezembro 14, 2017, 06:00:42 pm]


Re: UBER INDEPENDENTE VS UNIPESSOAL por neto.joana
[Dezembro 14, 2017, 05:48:58 pm]


Re: Subsídio de Natal por IsaRocha
[Dezembro 14, 2017, 05:20:13 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 [16]
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31