*

Offline Filipecbt

  • C.C
  • Platina
  • ****
  • 291
  • 5
Nota de Crédito
« em: Fevereiro 05, 2016, 11:48:16 am »
Bom dia colegas,

Tenho uma situação aqui um pouco confusa:

Uma bomba de gasolina forneceu até Novembro combustível a uma Camara Municipal, foi facturando os combustíveis até Novembro, em Dezembro a Camara comunicou que só poderia pagar se as faturas tivessem data posterior a Novembro (regras internas relativas ao concurso que não foi feito e etc) Então em Dezembro foi emitida duas facturas com o valor global que estava em dívida, agora é necessário anular os documentos anteriores, será correcto emitir nota de crédito em 2016 para anular faturas de 2015? Penso que o mais fácil seria ter emitido as notas de crédito em 2015.

Se emitir agora em 2016 as notas de crédito qual o lançamento correto? Colocar a débito na conta 7x não penso ser correto uma vez que está a anular operações de deste ano, quando a nota de crédito se refere a 2015. :-\




*

Offline Joaquim Alexandre

  • C.C
  • Platina
  • ****
  • 265
  • 9
  • Ignorantia legis neminem excusat
Re: Nota de Crédito
« Responder #1 em: Setembro 08, 2016, 02:50:18 am »
Bom dia colegas,

Tenho uma situação aqui um pouco confusa:

Uma bomba de gasolina forneceu até Novembro combustível a uma Camara Municipal, foi facturando os combustíveis até Novembro, em Dezembro a Camara comunicou que só poderia pagar se as faturas tivessem data posterior a Novembro (regras internas relativas ao concurso que não foi feito e etc) Então em Dezembro foi emitida duas facturas com o valor global que estava em dívida, agora é necessário anular os documentos anteriores, será correcto emitir nota de crédito em 2016 para anular faturas de 2015? Penso que o mais fácil seria ter emitido as notas de crédito em 2015.

Se emitir agora em 2016 as notas de crédito qual o lançamento correto? Colocar a débito na conta 7x não penso ser correto uma vez que está a anular operações de deste ano, quando a nota de crédito se refere a 2015. :-\

-

1.
Não existe nenhuma razão juridicamente válida para que a CM pretenda que o fornecedor altere a data das faturas.

2.
Nem tal pretensão pode ser atendida porquanto o fornecedor de combustíveis se colocaria, a ele mesmo, em situação de ilícito fiscal ao diferir ilegalmente a liquidação do IVA.

3.
A CM ou qualquer outra entidade pública é, em sede de transacções comerciais, um agente económico como qualquer outro.

-
Joaquim Alexandre


 

Nota de Crédito

Iniciado por csovQuadro Apoio a Contabilidade

Respostas: 8
Visualizações: 4686
Última mensagem Abril 19, 2011, 11:34:05 pm
por sousa
Nota credito

Iniciado por tinagQuadro Contabilidade

Respostas: 7
Visualizações: 2400
Última mensagem Dezembro 12, 2013, 10:16:51 am
por susimaria
Nota de credito e IVA

Iniciado por contabilistas.netQuadro IVA

Respostas: 2
Visualizações: 1570
Última mensagem Junho 19, 2012, 06:20:36 pm
por LUAESOL82
Nota de Credito

Iniciado por DedaQuadro Contabilidade

Respostas: 13
Visualizações: 2827
Última mensagem Agosto 05, 2015, 12:12:09 pm
por debsousa
Nota de crédito

Iniciado por pauleta30Quadro Contabilidade

Respostas: 9
Visualizações: 11329
Última mensagem Dezembro 30, 2013, 03:14:46 pm
por kushinadaime
Booking.com

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Julho 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 [28] 29
30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.