*

Offline calopes

  • C.C
  • Prata
  • **
  • 8
  • 0
Fraldas para incontentes
« em: Fevereiro 18, 2016, 12:34:28 am »
Boa noite colegas,

Até aqui as despesas com fraldas para incontinência eram consideradas despesas de saúde, mas agora com as novas regras do IRS não consigo encontrar isso escrito em lado nenhum...
Será que ainda são despesas de saúde ou serão despesas gerais?

Alguém me pode ajudar? :o




*

Offline Shrek

  • C.C
  • Diamante
  • *****
  • 1415
  • 66
  • Acreditar que você pode já é meio caminho andado.
Re: Fraldas para incontentes
« Responder #1 em: Fevereiro 18, 2016, 08:40:56 am »
Também estou com essa dúvida mas penso que desde de que compradas em farmácias continuam a ser despesas de saúde.

No caso de as comprar no Hiper mercado aí penso que já não.
Não sei o que é desistir...


*

Online arturtiago

  • T. Contabilidade
  • Platina
  • ****
  • 497
  • 14
Re: Fraldas para incontentes
« Responder #2 em: Fevereiro 18, 2016, 09:13:40 am »
Podem ser deduzidos à coleta do IRS os valores suportados por qualquer membro do agregado familiar a título de despesas de saúde que respeitem a prestações de serviços e aquisições de bens isentas de IVA ou tributadas à taxa reduzida, bem como despesas de saúde tributadas à taxa normal desde que justificadas por receita médica, que constem de faturas comunicadas à Autoridade Tributária e Aduaneira e cujos emitentes estejam enquadrados, de acordo com a Classificação Portuguesa das Atividades Económicas (CAE), nos seguintes setores de atividade:
i)         Seção Q, classe 86 – Atividade de saúde humana;
ii)        Seção G, classe 47730 – Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabeleciment os especializados;
iii)       Seção G, classe 47740 – Comércio a retalho de produtos médicos e ortopédicos, em estabeleciment os especializados; e
iv)       Seção G, classe 47782 – Comércio a retalho de material óptico em estabeleciment os especializados .
Estão também abrangidas nos setores de atividade antes referidos as atividades equivalentes previstas na tabela a que se refere o artigo 151.º do Código do IRS, que constam de faturas, faturas-recibo ou recibos emitidos por profissionais liberais, a saber:
i)          1010: Psicologia;
ii)         5010: Enfermeiros;
iii)        5012: Fisioterapeuta s;
iv)        5015: Terapeutas da fala;
v)         5019: Outros técnicos paramédicos;
vi)        7010 a 7024: Médicos e dentistas
Podem ainda ser deduzidos a título de despesas de saúde os prémios de seguros de saúde ou contribuições pagas a associações mutualistas ou a instituições sem fins lucrativos que tenham por objeto a prestação de cuidados de saúde que, em qualquer dos casos, cubram exclusivamente os riscos de saúde relativamente ao sujeito passivo ou aos seus dependentes.

na minha opinião, são dedutíveis se as mesmas se enquadrarem no mencionado acima isto é, taxa isenta ou reduzida ou com receita médica para a taxa normal.
espero ter ajudado
   tiago
 


*

Offline ricardof.silva

  • C.C
  • Platina
  • ****
  • 928
  • 44
Re: Fraldas para incontentes
« Responder #3 em: Fevereiro 18, 2016, 10:08:19 am »
Podem ser deduzidos à coleta do IRS os valores suportados por qualquer membro do agregado familiar a título de despesas de saúde que respeitem a prestações de serviços e aquisições de bens isentas de IVA ou tributadas à taxa reduzida, bem como despesas de saúde tributadas à taxa normal desde que justificadas por receita médica, que constem de faturas comunicadas à Autoridade Tributária e Aduaneira e cujos emitentes estejam enquadrados, de acordo com a Classificação Portuguesa das Atividades Económicas (CAE), nos seguintes setores de atividade:
i)         Seção Q, classe 86 – Atividade de saúde humana;
ii)        Seção G, classe 47730 – Comércio a retalho de produtos farmacêuticos, em estabeleciment os especializados;
iii)       Seção G, classe 47740 – Comércio a retalho de produtos médicos e ortopédicos, em estabeleciment os especializados; e
iv)       Seção G, classe 47782 – Comércio a retalho de material óptico em estabeleciment os especializados .
Estão também abrangidas nos setores de atividade antes referidos as atividades equivalentes previstas na tabela a que se refere o artigo 151.º do Código do IRS, que constam de faturas, faturas-recibo ou recibos emitidos por profissionais liberais, a saber:
i)          1010: Psicologia;
ii)         5010: Enfermeiros;
iii)        5012: Fisioterapeuta s;
iv)        5015: Terapeutas da fala;
v)         5019: Outros técnicos paramédicos;
vi)        7010 a 7024: Médicos e dentistas
Podem ainda ser deduzidos a título de despesas de saúde os prémios de seguros de saúde ou contribuições pagas a associações mutualistas ou a instituições sem fins lucrativos que tenham por objeto a prestação de cuidados de saúde que, em qualquer dos casos, cubram exclusivamente os riscos de saúde relativamente ao sujeito passivo ou aos seus dependentes.

na minha opinião, são dedutíveis se as mesmas se enquadrarem no mencionado acima isto é, taxa isenta ou reduzida ou com receita médica para a taxa normal.
espero ter ajudado
   tiago

Subscrevo,
Uma vez que está sujeito sujeito à taxa 23% terá e no passado recente sempre teve de ter receita médica para poder deduzir na declaração do modelo 3.


*

Offline nunomcastro

  • C.C
  • Platina
  • ****
  • 423
  • 11
  • Let's get things done!
Re: Fraldas para incontentes
« Responder #4 em: Fevereiro 18, 2016, 10:21:03 am »
Também concordo com os colegas, para ser aceite como despesa de saúde só com a associação da receita.

+500

 

fraldas Dependente com deficiência

Iniciado por Mónica Prudêncio

Respostas: 3
Visualizações: 1081
Última mensagem Abril 29, 2014, 01:24:31 pm
por Mónica Prudêncio
Fraldas idosos- despesas irs

Iniciado por Cristiana L

Respostas: 3
Visualizações: 1375
Última mensagem Abril 13, 2015, 05:44:06 pm
por debsousa
IRS 2ª Fase - Imóvel para Habitação e outro para Arrendamento o que fazer?

Iniciado por PatríciaRibeiro

Respostas: 1
Visualizações: 617
Última mensagem Maio 03, 2014, 09:34:53 pm
por Fátima V
IRS para residente em Portugal a trabalhar para empresa sediada no estrangeiro

Iniciado por anaalmeida0506

Respostas: 1
Visualizações: 698
Última mensagem Fevereiro 26, 2015, 11:14:22 am
por Sgomes
Fatura para IRS sem NIF entram para despesas?

Iniciado por Cristiana L

Respostas: 2
Visualizações: 709
Última mensagem Abril 23, 2015, 09:53:03 am
por Cristiana L

Mensagens recentes

Re: contabilização da Contribuição à Segurança Social ENI por arturtiago
[Hoje às 07:57:26 am]


Re: Bónus por rikj
[Hoje às 01:00:53 am]


Re: Dissolução de Sociedade com dívidas por djbn
[Maio 25, 2017, 10:02:50 pm]


Bónus por ana-sousa-1993
[Maio 25, 2017, 09:25:02 pm]


Toda a Informação do seu Gabinete na Palma da Mão por Softwhere
[Maio 25, 2017, 09:23:46 pm]


Re: Obrigatoriedade (ou não) de atualização para versão 1.04 do SAF-T (PT) por Splash
[Maio 25, 2017, 07:47:17 pm]


contabilização da Contribuição à Segurança Social ENI por SAntunes
[Maio 25, 2017, 07:18:03 pm]


Plano Previsional por GEORGINASILVA
[Maio 25, 2017, 05:00:48 pm]


Re: lançamentos contabilísticos para dedução do PEC - modelo 22 por Cristiana L
[Maio 25, 2017, 04:50:07 pm]


Vendo Land Rover Discovery 300Tdi por CCgarve
[Maio 25, 2017, 04:17:11 pm]


Re: IRC -A Recuperar por adilia rocha
[Maio 25, 2017, 02:00:44 pm]


Re: Provisões para investimentos por kushinadaime
[Maio 25, 2017, 01:48:45 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Maio 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 [26] 27
28 29 30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.