*

Offline marlenemarques

  • T. Contabilidade
  • Prata
  • **
  • 6
  • 0
IRS 2015
« em: Março 23, 2016, 02:17:01 pm »
Boa tarde,

Tenho um cliente que possui no portal da AT morada fiscal em Portugal. Contudo no ano de 2015 trabalhou alguns meses em França para uma empresa portuguesa e o restante tempo para uma empresa francesa. Como devo proceder aquando o envio do IRS? Deve alterar a morada no portal para frança? Devo declarar os rendimentos obtidos em frança no IRS?




*

Offline arturtiago

  • T. Contabilidade
  • Platina
  • ****
  • 464
  • 14
Re: IRS 2015
« Responder #1 em: Março 23, 2016, 04:04:21 pm »
colega

Nalguns casos, os rendimentos obtidos no estrangeiro podem ter sido sujeitos a imposto
duas vezes: no país de origem e em Portugal. Quando há acordos entre os dois países
para o contribuinte não ser penalizado por esta dupla tributação, o Fisco calcula uma
parte do imposto cobrada a mais e devolve-a ao contribuinte na nota de liquidação (campo
das deduções). Cabe ao contribuinte indicar os rendimentos que ganhou no estrangeiro
no anexo J. Se não o fizer, terá de entregar uma declaração de substituição, ficando sujeito
a uma coima mínima de 25 euros.
resumindo, terá de entregar juntamente com a declaração modelo 3, o anexo J com os rendimentos obtidos, isto é, os liquidados pela empresa francesa, já que os rendimentos da empresa portuguesa (partindo do princípio que a sede da mesma é em Portugal, correto?) são declarados através da mesma ao fisco e, já se encontra no pré-preenchimento da declaração
a entregar em abril próximo.
espero ter ajudado.

tiago



*

Offline marlenemarques

  • T. Contabilidade
  • Prata
  • **
  • 6
  • 0
Re: IRS 2015
« Responder #2 em: Março 23, 2016, 05:11:10 pm »
colega

Nalguns casos, os rendimentos obtidos no estrangeiro podem ter sido sujeitos a imposto
duas vezes: no país de origem e em Portugal. Quando há acordos entre os dois países
para o contribuinte não ser penalizado por esta dupla tributação, o Fisco calcula uma
parte do imposto cobrada a mais e devolve-a ao contribuinte na nota de liquidação (campo
das deduções). Cabe ao contribuinte indicar os rendimentos que ganhou no estrangeiro
no anexo J. Se não o fizer, terá de entregar uma declaração de substituição, ficando sujeito
a uma coima mínima de 25 euros.
resumindo, terá de entregar juntamente com a declaração modelo 3, o anexo J com os rendimentos obtidos, isto é, os liquidados pela empresa francesa, já que os rendimentos da empresa portuguesa (partindo do princípio que a sede da mesma é em Portugal, correto?) são declarados através da mesma ao fisco e, já se encontra no pré-preenchimento da declaração
a entregar em abril próximo.
espero ter ajudado.

tiago

Muito obrigada!  :)


 

Portaria n.º 404/2015 - Diário da República n.º 224/2015, Série I de 2015-11-16

Iniciado por Fátima V

Respostas: 1
Visualizações: 470
Última mensagem Novembro 16, 2015, 10:36:42 am
por ricardof.silva
IRS 2015 Ato isolado, fatura passada em 2016 com data de 2015

Iniciado por alexandersanto

Respostas: 3
Visualizações: 828
Última mensagem Maio 05, 2016, 09:42:55 am
por alexandersanto
IRS 2015

Iniciado por Costa#15

Respostas: 10
Visualizações: 1574
Última mensagem Julho 13, 2015, 08:56:50 am
por Costa#15
irs 2015

Iniciado por arturtiago

Respostas: 3
Visualizações: 277
Última mensagem Outubro 28, 2015, 04:47:34 pm
por debsousa
IRS 2015

Iniciado por sonia.gomes

Respostas: 2
Visualizações: 285
Última mensagem Novembro 07, 2015, 06:50:10 pm
por contabilistas.net

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Março 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 [23] 24 25
26 27 28 29 30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.