Autor Tópico: goodwill  (Lida 842 vezes)

Offline Catarina Lemos

  • Estudante
  • Prata
  • **
  • Mensagens: 17
  • Popularidade 0
  • Sexo: Feminino
goodwill
« em: Abril 14, 2013, 10:05:13 pm »
boa noite

vou ter de fazer um trabalho sobre este tema, e tenho um pouco de duvidas sobe o que escrever e como apresentar o trabalho.
pedia a quem me pudesse ajudar, para me dar algumas dicas ou mesmo teórica sobre este tema, para eu ver o que posso fazer.

Obrigada




Offline André Pereira

  • T.O.C
  • Platina
  • ****
  • Mensagens: 897
  • Popularidade 144
  • Sexo: Masculino
  • "Sucesso é mais atitude do que aptidão."
Re: goodwill
« Responder #1 em: Abril 14, 2013, 10:55:36 pm »
Boa noite colega,

O gooddwill é um termo que passou a entrar no léxico do mundo dos negócios com a alteração do modelo contabilístico que entrou em vigor em 2010.

Mas afinal o que é o goodwill?

Quando se compra um património, uma empresa por exemplo, por um valor superior ao justo valor dos seus activos diminuídos dos seus passivos, então estamos em presença de um goodwill, devendo a diferença ser reconhecida no activo da empresa como goodwill. Ou seja, se uma empresa é adquirida por € 1.000.000, cujo património líquido, avaliado pelo seu justo valor vale apenas € 800.000, então estamos perante um goodwill de € 200.000, cujo valor deve ser reconhecido no respectivo balanço.

A amortização do goodwill é realizada de acordo com o fundamento que deu origem ao seu valor, isto é, quando a mais valia resulta da diferença entre o valor de mercado dos ativos líquidos da investida e o respectivo valor contabilístico, a amortização deverá ser realizada à medida que os ativos forem sendo realizados por depreciação, amortização, alienação ou deperecimento do investimento. O goodwill negativo deve ser reconhecido imediatamente em resultados.

Não raras vezes, o conceito de goodwill é considerado como se de um trespasse se tratasse. Contudo, estes conceitos são distintos.

Fazendo um enquadramento global, os trespasses podem incluir, além do direito ao arrendamento, dos bens do ativo imobilizado e das existências, a carteira de clientes, até o intangível (goodwill) do negócio que pode ser valorizado. Esse intangível, deverá ser registado numa conta de ativos fixos intangíveis, e corresponderá ao valor remanescente, ou seja, ao valor resultante da dedução ao valor pago dos valores atribuídos (justo valor) aos bens, direitos e obrigações transmitidas, incluindo o próprio direito ao arrendamento. Só haverá goodwill se o valor pago pela aquisição for superior ao justo valor dos bens, pois caso contrário estaremos perante um simples trespasse.

Resumindo, o trespasse pressupõe a continuidade da atividade anteriormente exercida normalmente, podendo gerar ou não um goodwill, o qual incorpora a localização do estabeleciment o e a clientela, entre outros fatores.

A análise de todos os fatores abordados e a sua relação com  informações contabilísticas servem de base para uma profunda reflexão sobre os princípios e fundamentos da atual contabilidade. A mudança no perfil das empresas no mundo é uma forte razão que justifica a constante busca pelo aperfeiçoamento da contabilidade em factos tão relevantes como:

a) O distanciamento cada vez maior entre o valor de mercado de uma empresa e o seu valor contabilístico;

b) O enorme peso da intangibilidad e no real valor das empresas.

Deixo em anexo alguns documentos em pdf, espero que ajude.
Cumprimentos,
André Pereira


Offline Catarina Lemos

  • Estudante
  • Prata
  • **
  • Mensagens: 17
  • Popularidade 0
  • Sexo: Feminino
Re: goodwill
« Responder #2 em: Abril 14, 2013, 11:20:11 pm »
Muito Obrigada :)


 

Temas recentes

Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por paulalage
[Hoje às 01:35:26 am]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por TomeBranco
[Outubro 21, 2014, 11:25:32 pm]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por Fátima V
[Outubro 21, 2014, 07:26:23 pm]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por Virginia2011
[Outubro 21, 2014, 06:41:38 pm]


Re: Guia Prático RNCCI por preciozu
[Outubro 21, 2014, 06:36:44 pm]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por preciozu
[Outubro 21, 2014, 05:57:12 pm]


Re: Limites Fiscais dos Donativos por Vasco
[Outubro 21, 2014, 05:39:23 pm]


Re: Gastos com pessoal comuns por kiko
[Outubro 21, 2014, 05:37:19 pm]


Re: Guia Prático RNCCI por debsousa
[Outubro 21, 2014, 05:21:50 pm]


Re: Limites Fiscais dos Donativos por mangovsky
[Outubro 21, 2014, 05:18:57 pm]


Guia Prático RNCCI por André Pereira
[Outubro 21, 2014, 05:16:57 pm]


Re: Entrega DP IVA fora do prazo por Rui2
[Outubro 21, 2014, 05:16:37 pm]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por debsousa
[Outubro 21, 2014, 05:13:53 pm]


Re: Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por André Pereira
[Outubro 21, 2014, 05:13:18 pm]


Re: IRS - Retenção por Rui2
[Outubro 21, 2014, 05:11:23 pm]


Re: reembolso por Rui2
[Outubro 21, 2014, 05:05:42 pm]


Guia Prático 2035 – Medida Excecional de Apoio ao Emprego - Redução de 0,75% da por José Manuel Mota
[Outubro 21, 2014, 05:05:06 pm]


Estatuto Trabalhador Estudante por alice loureiro
[Outubro 21, 2014, 05:03:31 pm]


Re: Limites Fiscais dos Donativos por Vasco
[Outubro 21, 2014, 04:53:05 pm]


reembolso por mariajoana
[Outubro 21, 2014, 04:49:53 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Outubro 2014
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 [22] 23 24 25
26 27 28 29 30 31