Procurar


*

Offline Paulo Carvalho

  • Administrador
  • Diamante
  • *****
  • 5197
  • 452
  • "A dúvida é a origem da verdade."
Duvidas em cadeira de Fiscalidade
« em: Abril 13, 2011, 11:12:28 am »
Caros colegas,

Venho colocar aqui um tópico em nome de uma colega, e só o faço porque segundo ela é mesmo muito urgente. Não quero que seja este o modo de trabalhar-mos aqui no forum, pois é fundamental que todos participem aqui nos tópicos.

A questão é a seguinte:


Se houver alguém especialista no grupo II e III, e quiser enviar-me uma pproposta de resolucão não se iniba.
Tenho de entregar amanha ás 18H.
Sei que é muito em cima da hora, por isso serve de estudo para quem estiver na áerea de fiscalidade.
Obrigada
Paula Gonçalves

Unidade curricular: Planeamento Fiscal
Prova de Avaliação Contínua – 07/04/2011

Duração: 1,5 h
Só é permitido consultar legislação.
Nas respostas indique sempre a legislação aplicável.


Grupo I
 (6 valores)

Responda fundamentadame nte às seguintes questões:

1 – Distinga os conceitos de elisão fiscal e fraude fiscal.
2 – Defina o enquadramento fiscal dos acordos de partilha de custos num grupo de sociedades.

Grupo II
(7 valores)


Imagine a seguinte hipótese: A sociedade XPTO, SGPS, SA adquiriu a maioria do capital social da sociedade Virtual, Lda, obtendo, para este efeito, um empréstimo bancário junto da banca. Para dedução deste custo em termos fiscais, as duas sociedades fundiram-se, passando a actividade a ser desenvolvida exclusivamente pela XPTO, SGPS, SA.

Avalie se esta operação pode constituir ou não planeamento fiscal abusivo.



Grupo III
(7 valores)

A sociedade X, residente na Alemanha, detém uma participação social de 20% da sociedade Lisboa, Lda, residente em Portugal. No início do ano, abriu também uma sucursal nos Açores para desenvolviment o da actividade.

Para financiamento da actividade, a sociedade X realizou suprimentos no valor de 100 000, 00 € à sociedade Lisboa, Lda e deliberou emprestar 200 000, 00 € à sucursal sedeada nos Açores, mediante o pagamento, em ambas as situações, de juros à taxa anual de 5%.

Proceda ao enquadramento fiscal da operação, considerando que a sociedade Lisboa, Lda tem um capital próprio de 25 000, 00 €.


Cumprimentos
Paulo Carvalho


 

Empregos

Re: Técnica de contabilidade por Lenka
[Agosto 02, 2020, 10:09:59 pm]


Técnica Contabilidade por CátiaCarvalho
[Julho 29, 2020, 05:54:15 pm]


Técnica de contabilidade por Doina Popov
[Julho 29, 2020, 02:56:04 pm]

Mensagens recentes

Re: Recolher biometrias por Cláudia_Magalhães
[Hoje às 05:58:53 pm]


Re: Recolher biometrias por contabilidade0353
[Hoje às 05:16:35 pm]


Re: Recolher biometrias por Cláudia_Magalhães
[Hoje às 02:29:29 pm]


Re: Recolher biometrias por contabilidade0353
[Hoje às 02:11:29 pm]


Re: Exame OCC Outubro 2020 por sonia
[Hoje às 01:40:14 pm]


Re: Recolher biometrias por Cláudia_Magalhães
[Hoje às 12:26:32 pm]


Recolher biometrias por contabilidade0353
[Hoje às 12:18:58 pm]


IRS Residente não habitual RNH por marinamartins
[Agosto 04, 2020, 06:28:07 pm]


ADAPTAR Micro - Submissão de despesas por andreianeto
[Agosto 04, 2020, 02:54:14 pm]


Re: prejuizos fiscais por Cláudia_Magalhães
[Agosto 04, 2020, 01:48:42 pm]


Dissertação de Mestrado- A Independência do Auditor por joanaomartins1990
[Agosto 04, 2020, 01:38:27 pm]


prejuizos fiscais por NIDIABARRETO
[Agosto 04, 2020, 01:27:49 pm]

* Exame OCC

Não foram encontradas mensagens.

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Agosto 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1
2 3 4 [5] 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.