*

Offline André Pereira

  • C.C
  • Diamante
  • *****
  • 1460
  • 440
  • "Sucesso é mais atitude do que aptidão."
Formação Profission​al Ministrada - Procedimentos
« em: Outubro 13, 2014, 10:52:42 am »
Bom dia colegas,

Venho relembrar as entidades que podem ministrar as 35 horas anuais de formação obrigatória aos trabalhadores e sobre a possibilidade de tal como é mencionado no  n.º 3 do Artigo 131.º do CT, as acções de formação serem realizadas pelo próprio empregador.


Deixo um resumo:

A Formação Profissional constitui uma das obrigações mais importantes a cumprir por parte da entidade empregadora sendo uma das obrigatoriedad es do Código do Trabalho aprovado pela Lei n.º 7/2009 de 12 de Fevereiro.

O n.º 3 do Artigo 131.º do CT, refere que a formação pode ser desenvolvida pelo próprio empregador (através por exemplo dos seus Técnicos com Certificado de Competências Pedagógicas) por entidade formadora certificada para o efeito ou por estabeleciment o de ensino reconhecido pelo ministério competente.
As Empresas que pretendam certificar a formação que ministram aos trabalhadores, validando as 35 horas anuais de formação obrigatória, como forma de reconhecimento de aquisição de competências pelos trabalhadores, pode fazê-lo directamente, sem recorrer a uma entidade de formação certificada pela DGERT. Para tal devem estar registadas no Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa (SIGO) onde poderão registar cada acção de formação e emitir os respectivos certificados de formação.

Desde que o Contrato de trabalho individual ou qualquer outra forma de vínculo laboral não refira o contrário, toda a formação profissional ministrada em horário laboral ou pós-laboral aos colaboradores da empresa pode ser contabilizada para as 35 horas indicadas no Código do Trabalho. A Empresa deve registar as acções de formação que ministra aos seus trabalhadores e emitir os respectivos certificados.

Procedimentos:

a) A formação é ministrada por uma entidade formadora certificada pelo Sistema de Certificação de Entidades Formadoras da DGERT que tem a obrigação de fazer o registo no SIGO;

b) A formação é ministrada por um colaborador interno da Empresa, uma pessoa convidada, um formador contratado directamente ou uma entidade não acreditada pela DGERT. O formador deve ter Certificado de Competências Pedagógicas de Formador (CCP) para evitar que a formação possa ser considerada "não válida" do ponto de vista legal por uma inspecção do trabalho, não "contar" para as 35 horas de formação anual obrigatória. Nesta situação a empresa deve registar-se no SIGO e proceder ao registo de cada acção de formação que for ministrada.

A ACT - Autoridade para as Condições do Trabalho assume que a formação certificada não se limita a formação ministrada por entidade acreditada ou por formadores certificados com frequência e aproveitamento em curso homologado pelo IEFP. A ACT considera que, mais importante que o CCP, o conteúdo da formação profissional seja coincidente ou afim com a actividade desenvolvida pelo trabalhador nos termos do contrato.

Portanto, quando ministrada pelo empregador não há obrigatoriedad e de existência de CPP (todavia afigura-se importante a detenção deste certificado pelos Técnicos que ministrarem a formação) quando ministrada por entidade formadora esta tem de ser certificada, quando contratado um formador externo este tem de ter CCP.

Espero que ajude.
« Última modificação: Outubro 13, 2014, 11:04:35 am por contabilistas.net »


Cumprimentos,
André Pereira


*

Offline preciozu

  • T. Contabilidade
  • Platina
  • ****
  • 227
  • 13
  • Viva cada dia como se não houvesse amanhã!
Re: Formação Profission​al Ministrada - Procedimentos
« Responder #1 em: Outubro 13, 2014, 10:58:24 am »
Obrigado!!
« Última modificação: Outubro 13, 2014, 11:05:06 am por contabilistas.net »
Cumprimentos,
Marcos Proença


*

Online contabilistas.net

  • Administrador
  • Diamante
  • *****
  • 4532
  • 386
  • "A dúvida é a origem da verdade."
Re: Formação Profission​al Ministrada - Procedimentos
« Responder #2 em: Outubro 13, 2014, 11:04:19 am »
Bom dia,

Muito obrigado caro colega André! Sempre oportuno com informações de relevo para os colegas contabilistas!

Cumprimentos,
Paulo Carvalho
Cumprimentos
Paulo Carvalho


*

Offline paulalage

  • T. Contabilidade
  • Diamante
  • *****
  • 1146
  • 48
Re: Formação Profission​al Ministrada - Procedimentos
« Responder #3 em: Outubro 13, 2014, 12:02:24 pm »
Colega,

Obrigada pela partilha!


Cumprimentos,
Paula Lage
Cumprimentos,
Paula Lage


 

C​​ÁLCULO DE F​​ÉRIAS N​​ÃO GOZADAS + SUBSIDIO DE FÉRIAS (12 DIAS)

Iniciado por AlebanaQuadro Recursos Humanos

Respostas: 4
Visualizações: 1632
Última mensagem Outubro 25, 2013, 09:32:20 am
por Sonia356
Despesas de Formação Ministrada Pela Ordem: Dedutíves em IRS?

Iniciado por Dany14Quadro IRS

Respostas: 0
Visualizações: 2183
Última mensagem Novembro 02, 2016, 08:35:25 pm
por Dany14
ACTUALIZAÇ​ÃO ANUAL DO PROGRAMA DE ESTABILIDA​DE E CRESCIMENT​O: PRINCIPAIS LINH

Iniciado por XanitaQuadro Contabilidade

Respostas: 0
Visualizações: 1281
Última mensagem Março 11, 2011, 08:15:16 pm
por Xanita
Estabelecimentos de Apoio Social - Licenciame​nto e fiscalizaç​ão

Iniciado por André PereiraQuadro IPSS / ESNL

Respostas: 2
Visualizações: 1244
Última mensagem Março 19, 2014, 12:03:55 pm
por martacosta
Programa Solarh - REABILITAÇ​ÃO E RECONSTRUÇ​ÃO URBANA

Iniciado por André PereiraQuadro IPSS / ESNL

Respostas: 1
Visualizações: 678
Última mensagem Maio 22, 2014, 11:26:55 am
por nessita
Booking.com

Mensagens recentes

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 [13] 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31