*

Offline contabilistas.net

  • Administrador
  • Diamante
  • *****
  • 4374
  • 369
  • "A dúvida é a origem da verdade."
Obrigatoriedade de informar funcionários RU
« em: Abril 14, 2016, 02:43:06 pm »
Boa tarde,


Chegou-nos por vias pessoais o seguinte assunto, agradeço participação de todos.

Citar
Bom dia
É verdade que é obrigatório a entidade patronal mostrar o que consta do relatório único aos trabalhadores antes de ser entregue ?


Cumprimentos
Paulo Carvalho


*

Offline jana1821

  • Estagiário OCC
  • Platina
  • ****
  • 525
  • 49
  • "O fracasso fortifica os fortes" Michel - 3M
Re: Obrigatoriedade de informar funcionários RU
« Responder #1 em: Abril 14, 2016, 02:54:54 pm »
Boa tarde,

Sei que é obrigatório estar exposto num local visível junto com o Mapa de férias o anexo-A (quadro de pessoal), o que passa a estar disponível para todas as entidades inclusive os empregados.
Sobre o Balanço Social, o Relatório completo, não encontrei nenhuma legislação onde diga que há obrigação dos empregados terem o seu acesso.
Cumprimentos
Joana Pereira


*

Offline caserta

  • T. Contabilidade
  • Prata
  • **
  • 33
  • 1
Re: Obrigatoriedade de informar funcionários RU
« Responder #2 em: Abril 14, 2016, 08:37:42 pm »
Respondendo ao pedido de participação, limito-me a dar este pequeno contributo, devido a não dominar a legislação laboral em termos interpretativo s.
Assim, para colegas ligados à área laboral este pequeno tópico poderá ajudar para a obtenção da resposta pretendida.

Penso que a legislação que aborda a questão levantada é a seguinte:
 
Lei nº 105/2009, 14/09

Artigo 32.º

Prestação anual de informação sobre a actividade social da empresa   
1 - O empregador deve prestar anualmente informação sobre a actividade social da empresa, nomeadamente sobre remunerações, duração do trabalho, trabalho suplementar, contratação a termo, formação profissional, segurança e saúde no trabalho e quadro de pessoal.
2 - A informação a que se refere o número anterior é apresentada por meio informático, com conteúdo e prazo regulados em portaria dos ministros responsáveis pelas áreas laboral e da saúde.
3 - O empregador deve dar a conhecer, previamente ao prazo constante da portaria a que se refere o número anterior, à comissão de trabalhadores ou, na sua falta, à comissão intersindical ou comissão sindical da empresa, a informação a que se refere o n.º 1, os quais podem suscitar a correcção de irregularidade s, no prazo de 15 dias. (Anotação:Ver nº10)
4 - A informação que, de acordo com a portaria referida no n.º 2, seja prestada de modo individualizad o deve ser previamente dada a conhecer aos trabalhadores em causa, os quais podem suscitar a correcção de irregularidade s, no prazo de 15 dias.
5 - O empregador deve proporcionar o conhecimento da informação aos trabalhadores da empresa e enviá-la, em prazo constante da portaria a que se refere o n.º 2, às seguintes entidades:
a) O serviço com competência inspectiva do ministério responsável pela área laboral;
b) Os sindicatos representativo s de trabalhadores da empresa que a solicitem, a comissão de trabalhadores, bem como os representantes dos trabalhadores para a segurança e saúde no trabalho na parte relativa às matérias da sua competência;
c) As associações de empregadores representadas na Comissão Permanente de Concertação Social que a solicitem.
6 - Os sindicatos e associações de empregadores podem solicitar a informação até 10 dias antes do início do prazo para entrega da mesma.
7 - O serviço a que se refere a alínea a) do n.º 5 deve remeter a informação ao serviço do mesmo ministério competente para proceder ao apuramento estatístico da informação no quadro do sistema estatístico nacional e em articulação com o Instituto Nacional de Estatística, I. P.
8 - A informação prestada aos representantes dos empregadores ou dos trabalhadores, com excepção das remunerações em relação aos sindicatos, e ao serviço competente para proceder ao apuramento estatístico deve ser expurgada de elementos nominativos.
9 - O empregador deve conservar a informação enviada durante cinco anos.
10 - Constitui contra-ordenação muito grave a violação do disposto no n.º 8, na parte respeitante ao empregador, contra-ordenação grave a violação do disposto no n.º 5 e contra-ordenação leve a violação do disposto nos n.os 3, 4 e 9.
   
______________ ______________ ______________ ______________ ______________ ______________ __
Portaria nº 55/2010 de 21 de Janeiro de 2010

DR 14 - SÉRIE I
Emitido Por Ministérios do Trabalho e da Solidariedade Social e da Saúde    

Regula o conteúdo do relatório anual referente à informação sobre a actividade social da empresa e o prazo da sua apresentação, por parte do empregador, ao serviço com competência inspectiva do ministério responsável pela área laboral

O programa de simplificação administrativa e legislativa (SIMPLEX) prevê a simplificação das obrigações de os empregadores prestarem informações sobre diversos aspectos laborais à administração do trabalho.

Do mesmo modo, a Comissão do Livro Branco das Relações Laborais preconizou, no âmbito de medidas de desburocratização e simplificação nomeadamente nas relações entre empregadores e a Administração, a concentração num documento único de periodicidade anual de múltiplas informações que os empregadores devem prestar à administração do trabalho.

Por outro lado, o acordo tripartido sobre um novo sistema de regulação das relações laborais, de 25 de Junho de 2008, previu que parte dessa informação passe a abranger os prestadores de serviço.

A regulamentação do Código do Trabalho integrou estes propósitos, através de uma obrigação única, a cargo dos empregadores, de prestação anual de informação sobre a actividade social da empresa, com conteúdo e prazo de apresentação regulados em portaria dos ministros responsáveis pelas áreas laboral e da saúde.

Esta informação anual reúne informações até agora dispersas respeitantes ao quadro de pessoal, à comunicação trimestral de celebração e cessação de contratos de trabalho a termo, à relação semestral dos trabalhadores que prestaram trabalho suplementar, ao relatório da formação profissional contínua, ao relatório da actividade anual dos serviços de segurança e saúde no trabalho e ao balanço social. A informação anual inclui ainda aspectos relativos a greves e informação sobre os prestadores de serviço, o que permite superar o procedimento complexo entre as empresas e a administração do trabalho em que até agora assentou a informação sobre as greves.

Permite-se também que as matérias a que o relatório único respeita sejam desenvolvidas de modo a que, periodicamente, se disponha de informação mais completa sobre cada uma delas.

Os empregadores envolvidos na prestação de informação sobre a actividade social da empresa são os mesmos que são abrangidos pelo Código do Trabalho e pela legislação específica dele decorrente.

O projecto correspondente à presente portaria foi publicado para apreciação pública na separata do Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 5, de 30 de Setembro de 2009. Os pareceres de associações sindicais e associações de empregadores foram devidamente ponderados, e algumas das suas sugestões foram acolhidas na portaria ou nas instruções e elementos auxiliares necessários ao preenchimento do relatório.

Assim:

Manda o Governo, pelas Ministras do Trabalho e da Solidariedade Social e da Saúde, ao abrigo n.º 2 do artigo 144.º e do n.º 7 do artigo 231.º do Código do Trabalho, do n.º 2 do artigo 32.º da Lei n.º 105/2009, de 14 de Setembro, e do artigo 112.º da Lei n.º 102/2009, de 10 de Setembro, o seguinte:

Artigo 1.º - Objecto

A presente portaria regula o conteúdo e o prazo de apresentação da informação sobre a actividade social da empresa, por parte do empregador, ao serviço com competência inspectiva do ministério responsável pela área laboral.

Artigo 2.º - Conteúdo da informação sobre a actividade social da empresa

1 - O conteúdo da informação a prestar sobre a actividade social da empresa é especificado no modelo de relatório único a que se refere o anexo da presente portaria.

2 - O conteúdo do relatório único pode ser periodicamente desenvolvido, por decisão do serviço com competência inspectiva do ministério responsável pela área laboral, conjuntamente com o organismo competente do ministério responsável pela área da saúde quando se trate de informação sobre a actividade do serviço de segurança e saúde no trabalho.

3 - O conteúdo desenvolvido do relatório único, bem como as instruções e os elementos auxiliares necessários ao preenchimento do relatório único são disponibilizad os no sítio do serviço com competência inspectiva do ministério responsável pela área laboral.

Artigo 3.º - Visto relativo a trabalho suplementar

O empregador deve, antes de entregar o relatório único, promover o visto da relação nominal dos trabalhadores que prestaram trabalho suplementar durante o ano civil anterior a que se refere o n.º 7 do artigo 231.º do Código do Trabalho.

Artigo 4.º - Forma e prazo de entrega do relatório único

1 - O relatório único é entregue por meio informático, durante o período de 16 de Março a 15 de Abril do ano seguinte àquele a que respeita.

2 - O conteúdo desenvolvido do relatório único, a que se refere o n.º 2 do artigo 2.º, deve ser entregue dois anos após a sua disponibilização.

3 - O anexo C do relatório único, sobre formação contínua, só será entregue a partir de 2011, com referência ao ano de 2010.

Artigo 5.º

A informação anual sobre a actividade social da empresa que abrange quem esteja vinculado ao empregador, mediante contrato de prestação de serviço, incluído no anexo F, só deverá começar a ser prestada em 2011, com referência ao ano de 2010.

Artigo 6.º - Norma revogatória
São revogadas a Portaria n.º 46/94, de 17 de Janeiro, alterada pela Portaria n.º 785/2000, de 19 de Setembro, e a Portaria n.º 288/2009, de 20 de Março.
A Ministra do Trabalho e da Solidariedade Social, Maria Helena dos Santos André, em 23 de Dezembro de 2009. - A Ministra da Saúde, Ana Maria Teodoro Jorge, em 29 de Dezembro de 2009.



*

Offline S.F.

  • T. Contabilidade
  • Prata
  • **
  • 11
  • 0
Re: Obrigatoriedade de informar funcionários RU
« Responder #3 em: Abril 17, 2016, 10:57:58 pm »
O relatorio unico nao tem que estar afixado, ao contrario do quadro pessoal que foi revogado.


*

Offline caserta

  • T. Contabilidade
  • Prata
  • **
  • 33
  • 1
Re: Obrigatoriedade de informar funcionários RU
« Responder #4 em: Abril 18, 2016, 01:58:41 pm »
Devido à pouca participação dos colegas, irei expôr o meu ponto de vista, com a respectiva reserva. Assim, da leitura dos nº 2 e 3 do artº 32º da Lei nº 105/2009, terá de apresentar previamente às citadas comissões.

+500

 

Carta despedimento informar que fui despedida porque a empresa fechou

Iniciado por Zafila

Respostas: 12
Visualizações: 2476
Última mensagem Julho 21, 2014, 05:11:00 pm
por Zafila
PPR Funcionários

Iniciado por franciscomontenegro

Respostas: 0
Visualizações: 320
Última mensagem Fevereiro 17, 2016, 03:27:23 pm
por franciscomontenegro
Produtividade dos funcionários

Iniciado por Jlapa

Respostas: 0
Visualizações: 482
Última mensagem Dezembro 21, 2011, 12:00:25 am
por Jlapa
Mapa de horario trabalho Funcionarios

Iniciado por Somas e Quadrados

Respostas: 0
Visualizações: 1164
Última mensagem Fevereiro 16, 2017, 11:26:52 am
por Somas e Quadrados
Dados funcionários para Retenção na Fonte

Iniciado por Nuno David

Respostas: 2
Visualizações: 605
Última mensagem Novembro 30, 2011, 12:57:40 am
por Nuno David

Mensagens recentes

Acesso à Ordem dos Contabilistas Certificados por Cee
[Hoje às 07:45:09 pm]


Re: Sócio não gerente por kushinadaime
[Hoje às 12:02:41 pm]


Re: Inicio de profissão de CC por afarinha
[Hoje às 10:53:22 am]


Re: Salários em Atraso - Declaração de Rendimentos IRS por Riginho
[Hoje às 08:48:42 am]


Re: Notas de débito por Lcorreia67
[Março 24, 2017, 11:12:19 pm]


Salários em Atraso - Declaração de Rendimentos IRS por malves99
[Março 24, 2017, 09:36:15 pm]


Re: IABA refrigerantes por gerantsanpat
[Março 24, 2017, 07:26:00 pm]


Sócio não gerente por Tegsilva
[Março 24, 2017, 07:22:06 pm]


Re: Inicio de profissão de CC por Marisa Cardoso
[Março 24, 2017, 04:56:56 pm]


Re: Inicio de profissão de CC por jdomingos
[Março 24, 2017, 04:37:31 pm]


Re: Calculadora provisória PEC 2017 e 2018 por Sgomes
[Março 24, 2017, 04:08:40 pm]


Inicio de profissão de CC por Marisa Cardoso
[Março 24, 2017, 04:08:25 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Março 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 [25]
26 27 28 29 30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.