collapse

Procurar


Perdão de Empréstimos Bancários – Contabilização e Tributação em IRC

  • 2 Respostas
  • 2287 Visualizações
*

Offline VeronicaPereira

  • **
  • 17
  • 0
  • Sexo: Feminino
Bom dia Colegas,

Uma das empresas na qual assumo a responsabilida de, teve até Julho de 2015 responsabilida des financeiras relacionadas com empréstimos bancários.

A 20 de Julho de 2015 um dos gerentes da empresa, que avalizava estes empréstimos, faleceu. Atendendo a esta situação foi acionada a apólice do seguro de vida e simultaneament e verificou-se a liquidação de todos os valores ainda em divida.

Face ao exposto venho pelo presente solicitar o vosso entendimento sobre o tratamento contabilístico e fiscal,  para esta situação.

Poderá este rendimento ser diferido ao longo do tempo até à data em que os empréstimos se venciam? A nível fiscal, a tributação em sede de IRC, terá que ser na totalidade em 2015 ou poderá ser diferida até à data em que os empréstimos seriam liquidados?


 Agradeço desde já pela vossa colaboração,


 Com os melhores cumprimentos,

*

Offline VeronicaPereira

  • **
  • 17
  • 0
  • Sexo: Feminino
Re: Perdão de Empréstimos Bancários – Contabilização e Tributação em IRC
« Responder #1 em: Outubro 29, 2015, 07:00:51 pm »
Colegas,

peço que digam a vossa opinião sobre este assunto por favor.

Obrigada

*

Offline Fernando Costa

  • ****
  • 430
  • 0
  • Sexo: Masculino
Re: Perdão de Empréstimos Bancários – Contabilização e Tributação em IRC
« Responder #2 em: Outubro 30, 2015, 08:39:14 am »
Bom dia. Se existiam empréstimos, os mesmos estavam em saldo na contabilidade. Ao proceder à liquidação dos mesmos o banco deve ter-lhe emitido um documento desse movimento. Ao receber o valor da indemnização, vai saldar essas contas de empréstimos, pelo seu pagamento,  o que não é rendimento. O remanescente, penso que deverá ser levado a uma conta de indemnização (rendimento). Mas cuidado, estou a falar partindo do, princípio que a apólice do seguros era da sociedade, mencionado os beneficiários, desconhecendo porém o seu conteúdo e enquadramento fiscal, nomeadamente o que concerne a rendimentos da categoria A. Porque se fôr do sócio, já está a meter dinheiro do falecido (herdeiros), na sociedade, para liquidar os empréstimos.
Cprs
FC

 

Empregos

Não foram encontradas mensagens.

Mensagens recentes

Re: Indemnização da EDP por J Câmara
[Maio 09, 2021, 06:51:44 pm]


Re: Complemento ao estudo Deontologia por Mónica Lopes
[Maio 09, 2021, 05:06:40 pm]


Re: Complemento ao estudo Deontologia por lenacampos
[Maio 09, 2021, 04:15:28 pm]


Re: Para estudar Ética e Deontologia por lenacampos
[Maio 09, 2021, 04:12:37 pm]


Re: Proposta Resolução Exame 07.03.2020 (1ª parte) por #1988SRodrigues
[Maio 09, 2021, 03:33:22 pm]


Re: Proposta Resolução Exame 07.03.2020 (2ª parte) por #1988SRodrigues
[Maio 09, 2021, 03:31:38 pm]


Re: CURSO DE FORMAÇÃO À DISTÂNCIA - DEONTOLOGIA PROFISSIONAL DO CC por lenacampos
[Maio 09, 2021, 03:10:06 pm]


Re: APRESENTAÇÃO por tsofiasantos_3
[Maio 09, 2021, 09:42:24 am]


Re: Apresentação por Contabilistas.net
[Maio 08, 2021, 11:20:21 am]


Re: Apresentação por Contabilistas.net
[Maio 08, 2021, 11:15:51 am]


Re: Apresentação por Contabilistas.net
[Maio 08, 2021, 11:12:19 am]


Re: APRESENTAÇÃO por Contabilistas.net
[Maio 08, 2021, 11:07:00 am]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Maio 2021
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1
2 3 4 5 6 7 8
9 [10] 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.