collapse

Procurar


Direito a férias

  • 5 Respostas
  • 1075 Visualizações
*

Offline f_contabilidade

  • ***
  • 94
  • 1
  • Sexo: Masculino
Direito a férias
« em: Junho 13, 2019, 10:00:38 am »
Bom dia

Tenho a seguinte dúvida: Estou numa empresa há 2 anos com contrato a termo certo e pretendo demitir-me. Sei que tenho de dar 1 mês de tempo à casa e o meu contrato vai terminar a 31-07-2019. Relativamente às férias tenho direito aos 22 dias vencidos a 1 de janeiro mais o proporcional deste ano? 7 x 2=14?

36 dias? isto é possível?

Se não gozar a empresa tem de me pagar?

Obrigado.

*

Online Cláudia_Magalhães

  • ****
  • 697
  • 56
  • Sexo: Feminino
  • "Quem sabe, divide. Quem não sabe, pergunta"
Re: Direito a férias
« Responder #1 em: Junho 13, 2019, 12:02:32 pm »
Bom dia,

Pelo que explica foi vinculado à empresa no ano 2017, logo como o despedimento não ocorre no ano seguinte ao da admissão, tem direito a 22 dias de férias adquiridos em 01/01/2019 e aos proporcionais adquiridos de janeiro a julho de 2019 (14 dias), totalizando os 36 dias que refere.
Caso não goze todos os dias, o que não será de todo possível, a empresa deverá efetuar o pagamento dos dias não gozados.
Cumprimentos
Cláudia Magalhães

Re: Direito a férias
« Responder #2 em: Julho 03, 2019, 01:15:07 pm »
Boa tarde,

Quando fala em gozar todos os dias de férias refere-se aos vencidos e proporcionais ganhos? Na minha ideia o CT é claro no que aos proporcionais diz respeito, devendo esses serem pagos.

Estou correto? É que pela leitura que fiz em vários posts seus fiquei com a ideia que indica que os proporcionais ganhos podem ser gozados.

Cumprimentos

*

Online Cláudia_Magalhães

  • ****
  • 697
  • 56
  • Sexo: Feminino
  • "Quem sabe, divide. Quem não sabe, pergunta"
Re: Direito a férias
« Responder #3 em: Julho 03, 2019, 01:29:07 pm »
Boa tarde,

Não conheço nenhum artigo que não permita o gozo dos proporcionais, o que refere o CT é que quando as férias não são gozadas devem ser pagas.
Cumprimentos
Cláudia Magalhães

Re: Direito a férias
« Responder #4 em: Julho 03, 2019, 01:36:51 pm »
Boa tarde,
Efetivamente o que diz é verdade, tal como o contrário. O CT também não tem nenhum artigo em que diga que é permitido o gozo das proporcionais de férias.

No artigo 245 do CT diz que o colaborador tem direito a receber retribuição e subsidio de férias vencidas não gozadas, ou seja, as que o colaborador ganhou pelo trabalho do ano anterior.

No ano da cessação é claro em dizer que o colaborador tem direito a receber os proporcionais de férias e subsídio.

Re: Direito a férias
« Responder #5 em: Julho 03, 2019, 10:38:53 pm »
Boa noite.
Estará correto o meu raciocinio?
Cumpts

 

Empregos

Não foram encontradas mensagens.

* Exame OCC

Re: Q 03 Tarde por Joana Duarte
[Novembro 26, 2020, 08:27:44 pm]


Re: Contestação - Exame OCC parte da manhã por Cátia Magalhães
[Novembro 25, 2020, 11:24:47 pm]


Re: Newsletter OCC por Ana Sobral
[Novembro 25, 2020, 01:11:32 pm]


Re: Newsletter OCC por IMANUELA
[Novembro 24, 2020, 10:00:19 am]


Newsletter OCC por Ana Sobral
[Novembro 23, 2020, 12:30:57 pm]


Re: Como obter o numero de contabilista certificado por joana4711
[Novembro 23, 2020, 10:38:51 am]


Re: Quota a pagar - novos contabilistas por Contabilista1994
[Novembro 21, 2020, 08:48:40 am]


Re: Grelha de correção - Dúvida por Telmamrr
[Novembro 20, 2020, 05:03:02 pm]


Re: PEDIDO REVISÃO EXAME DA TARDE por Telmamrr
[Novembro 20, 2020, 04:54:24 pm]


Re: Como obter o numero de contabilista certificado por Rui Pessoa Silva
[Novembro 20, 2020, 02:14:17 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Novembro 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 [27] 28
29 30

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.