collapse

Procurar


Isenção artigo 9º versus artigo 53º

  • 2 Respostas
  • 701 Visualizações
*

Offline BRAL

  • **
  • 8
  • 1
Isenção artigo 9º versus artigo 53º
« em: Novembro 02, 2020, 10:30:47 pm »
Boa tarde,

Uma pessoa que esteja a emitir recibos verdes, abrangida pelo o artigo 9º, tiver que emitir recibos verdes relacionados com outra actividade (como por exemplo informática) continua com isenção de IVA se não ultrapassar os 12500€ (com o artigo 53º), correcto?

No entanto, a minha grande dúvida reside no facto de como a pessoa faz o cálculo para saber se continua isenta com a adição desta prestação de serviços. O limite dos 12500€ só abrange a actividade de informática neste caso? Visto que a outra actividade está sempre "protegida" pelo artigo 9º? Conseguem esclarecer?

Obrigada

*

Offline veraajsousa

  • ***
  • 74
  • 1
  • Sexo: Feminino
Re: Isenção artigo 9º versus artigo 53º
« Responder #1 em: Novembro 05, 2020, 01:51:03 pm »
Boa tarde,

Primeiro o montante aplicável em 2020 para isenção de IVA e IRS é 11 mil €
O limite dos 12 500 só entra em vigor em 2021.

Depois, estando a pessoa isenta nestes termos, a menção da isenção, no meu entendimento, deve ser sempre segundo o art. 53º - só em casos de ultrapassar os montantes de isenção e ficar enquadrado em regime de IVA, é que deve usufruir da isenção do Art. 9º.

Posto isto, se a pessoa está no regime de isenção por cumprir os limites anuais de volume de facturação, deve conseguir emitir recibos para qualquer actividade segundo a isenção Artigo 53.

Espero ter ajudado, mas aconselho a aguardar mais opiniões.
Vera

*

Offline Cláudia_Magalhães

  • ****
  • 697
  • 56
  • Sexo: Feminino
  • "Quem sabe, divide. Quem não sabe, pergunta"
Re: Isenção artigo 9º versus artigo 53º
« Responder #2 em: Novembro 05, 2020, 02:41:35 pm »
Boa tarde,

Relativamente ao limite para enquadramento no regime de isenção de IVA ao abrigo do art. 53º, aconselho a verem o Ofício Circulado N.º: 30219, de 2020-04-02, mais concretamente a parte conforme imagem que anexo.

Relativamente ao facto de exercer atividade prevista no art. 9º e outra não, parece-me que fica enquadrado no regime misto e neste caso deve especificar o respetivo motivo de isenção a aplicar em cada fatura emitida.

No meu entender, os valores a ter em conta para a verificação dos limites do art. 53º, devem ser apenas os valores de atividades sujeitas a IVA, mesmo que dele isentas por não ultrapassar os limites definidos na lei.

Espero ter ajudado!
Cumprimentos
Cláudia Magalhães

 

Empregos

Não foram encontradas mensagens.

* Exame OCC

Re: Contestação - Exame OCC parte da manhã por cattarina09
[Novembro 30, 2020, 07:06:49 pm]


Re: Proposta de resolução exame outubro 2020 - Tarde por Runinha
[Novembro 29, 2020, 09:27:24 pm]


Re: Q 03 Tarde por Joana Duarte
[Novembro 26, 2020, 08:27:44 pm]


Re: Contestação - Exame OCC parte da manhã por Cátia Magalhães
[Novembro 25, 2020, 11:24:47 pm]


Re: Newsletter OCC por Ana Sobral
[Novembro 25, 2020, 01:11:32 pm]


Re: Newsletter OCC por IMANUELA
[Novembro 24, 2020, 10:00:19 am]


Newsletter OCC por Ana Sobral
[Novembro 23, 2020, 12:30:57 pm]


Re: Como obter o numero de contabilista certificado por joana4711
[Novembro 23, 2020, 10:38:51 am]


Re: Quota a pagar - novos contabilistas por Contabilista1994
[Novembro 21, 2020, 08:48:40 am]


Re: Grelha de correção - Dúvida por Telmamrr
[Novembro 20, 2020, 05:03:02 pm]

Votações

Você não está autorizado a ver Sondagens neste quadro.
Dezembro 2020
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1 [2] 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31

Desculpe! Não há eventos disponíveis neste momento.